Aqui no blog eu tento testar tudo muitas vezes até saber bem os efeitos, minha opinião formada, o que eu consegui otimizar naquele processo pra enfim contar pra vocês. Eu lavo algumas vezes a roupa até postar a receita do sabão líquido, eu uso durante algumas semanas o creme hidratante. E sempre tento contar no mínimo de detalhes que é pra você, aí do outro lado, ter uma ideia de como a coisa vai funcionar na sua vida ou na sua casa.

Eu faço isso com tudo que eu posso, mas tem coisas que eu realmente não sei porque não tenho como testar. Por isso que eu chamei a Mona Soares, da Ewé Alquimias, pra falar de pele negra e cabelos crespos e cacheados. Queria saber se tem diferença da pele branca, que é a minha e que sei várias particularidades porque carrego ela desde que nasci, além de quase todas as informações disponíveis por aí serem só sobre peles claras. Queria saber como uma rotina de beleza natural funciona, se dá pra usar o que eu uso aqui em mim e se fica bom.

A história da Mona é super parecida com muita gente que conheço do mundo natural: ela se formou em farmácia, trabalhava em uma farmácia comercial com medicamentos sintéticos e não sentia que estava no lugar certo. Foi num daqueles momentos que tudo parecia dar errado que ela começou a estudar saboaria, aromaterapia, cosméticos, perfumaria naturais. Aos poucos a produção de sabonetes que ia só para a família começou a ser vendida em bazares e logo mais em uma loja virtual para o Brasil todo.



A pele negra


A pele negra tem diferenças da pele clara não só na cor. Ou melhor: a cor é justamente a diferença, como explica a Mona: "A característica mais marcante da pele negra que a diferencia das outras é a expressão de melanina pelos melanócitos. Quanto mais escura a pele, mais melanina os melanócitos produzem."

E é justamente esse fator que faz dessa pele mais suscetível a manchas. "Isso pode deixar a pele muito suscetível a manchas, principalmente as peles pretas que passaram pelo processo de miscigenação, que é o caso da maioria das pessoas negras no Brasil. Acnes, arranhões e ferimentos podem deixar cicatrizes mais escuras que o tom natural da pele."

Outra diferença é que a pele negra, quando ressecada, pode ter manchas esbranquiçadas. Por isso, é importante hidratar bem a pele – e isso pode ser com manteigas e óleos vegetais como a gente já falou por aqui!

As peles negras também tem maior proteção natural contra os efeitos nocivos do sol. Quanto mais escura é a pele, mais proteção. Porém, por causa disso, os níveis de vitamina D podem ser mais baixos. "Por isso é muito importante a exposição moderada ao sol e evitar os protetores solares com alto fator de proteção" [que inibem a produção da vitamina D (1)].

Uma das grandes vantagens que a Mona lembra da pele negra, além da beleza, é que ela demora pra apresentar os sinais de idade. Pessoas mais velhas negras sempre parecem muito mais novas, pra mim (Cristal) isso é o mais impressionante.



Cuidados com a pele negra dentro de uma rotina de beleza natural


Os principais cuidados que uma pele negra precisa ter são: exposição moderada ao sol, evitar lesões e hidratar. As dicas que a Mona dá pra essas três etapas são:

  1. O protetor solar deve ser o mais natural possível, com um fator moderado (15 fps para tons mais escuros e 30 fps para tons médios). Como protetores solares podem deixar a pele esbranquiçada, muitas vezes encontrar um protetor mais natural para este tipo de pele é um desafio. Algumas mulheres corrigem a cor com um protetor com cor ou um pó compacto. Infelizmente ainda não temos marcas de protetor solar mais natural para este tipo de pele. Já em caso da pele manchada em tratamento de manchas, mesmo sendo um tratamento natural, é recomendável usar o protetor solar com fator mais alto (FPS 30).
  2.  Em caso da pele que já apresentam manchas em tons mais escuros ou mais claros que a pele, pode-se usar óleo de rosa mosqueta, óleo de pracaxi, máscara de argila branca ou cosméticos formulados com esses ingredientes.
  3. O ressecamento da pele do corpo pode ser melhorado com o uso de manteigas vegetais, como muru muru, cupuaçu, karité ou cacau.

Mas, assim como a pele branca, a pele negra também pode ser mais oleosa, mais seca, sensível e a escolha dos óleos e manteigas, da rotina de beleza é super individual. Eu falo muito disso e dou as ferramentas pra você montar sua rotina de beleza no e-book Rotina De Beleza Natural, dá pra comprar aqui.



Cuidados naturais com cabelos crespos e cacheados: LAVANDO e HIDRATANDO


Descobri com a Mona que o cabelo crespo precisa de algumas coisinhas a mais que o combo xampu sólido + enxágue com vinagre + finalização com óleo vegetal. "Precisa do que tecnicamente chamamos de"substantividade", que está presente nos condicionadores e cremes de pentear e facilita o desembaraçar, amacia a fibra capilar e previne a quebra." Por isso, uma rotina de cuidados pro cabelo crespo/cacheado normalmente funciona melhor com:

  1. Xampu natural, sólido ou líquido.
  2. Condicionador natural, livre de derivados do petróleo, silicones, parafina líquida, sulfatos, conservantes agressivos, liberadores de formol, corantes e essências sintéticas.
  3. Creme finalizador natural, livre de todas essas coisas acima.

Esses três produtos são suficientes, mas você pode complementar essa rotina de cuidados com ingredientes naturais como óleos vegetais, manteigas, argilas, melado de cana e gel de aloe vera, por exemplo.

Pra ler mais e outros jeitos de lavar os cabelos crespos:
  • Como fazer low poo e no poo com cosméticos naturais, leia aqui.
  • Como limpar o couro cabeludo e não ressecar os fios, leia aqui.
  • Como lavar o cabelo crespo com xampu sólido, leia aqui.




Cuidados naturais com cabelos crespos e cacheados: LIDANDO COM O FRIZZ


O que a gente mais teme, se analisar pelos comerciais de produtos pro cabelo é ele: o frizz. Eu falei sobre ele pra Mona já dizendo que talvez a gente não precise controlar o frizz, mas sim aceitar. E foi o que ela me falou: "Eu não combato o frizz há anos. Parar de lutar contra ele foi a melhor maneira de contornar o problema. Acho cruel quando a indústria de cosméticos cria um arsenal de produtos para melhorar características que são naturais e praticamente todo mundo tem."

Mas tem alguns truques pra diminuir a estática do cabelo e deixar ele mais bonito naturalmente, pra que você não precise ficar brigando com seus cachos pra sempre. :) Essas são as dicas da Mona (que é especialista já que tem cabelos crespos!) porque às vezes a gente investe em cosméticos caros enquanto uma mudança no jeito de pentear ou desembaraçar seria mais eficaz e investir em acessórios que duram anos, melhor ainda:

  1. A escova da marca Denmann #nãoéjabáéamor. Ela tem um cabo preto e a base vermelha, é desmontável o que ajuda na hora de limpar. Comprei no Mercado Livre, mas nem sempre achamos no Brasil.
  2. Usar uma toalha de microfibra que é fácil de ser encontrada no Mercado Livre ou lojas pra cabelos crespos e cacheados.
  3. Dormir em fronha de cetim também é útil pra diminuir a estática.

Ó a Mona sendo linda <3

Depois dessa super aula, eu só tenho a agradecer DEMAIS pela contribuição da Mona aqui no Um Ano Sem Lixo. E tenho que pedir pra vocês irem até o site da marca dela, a Ewé Alquimias, porque lá tem: xampus, sabonetes e condicionadores naturais, apostilas de saboaria e cosmetologia natural e muuuito conhecimento dessa mulher negra, crespa e baiana incrível! <3

3 comentários

  1. Que maravilhosidade. Obrigada, Mona, por partilhar suas experiências conosco!

    ResponderExcluir
  2. Eu venho acompanhando seu blog, quietinha, há algum tempo. Sou negra e pouco me sinto representada. Amei este post. Obrigada por se importar...

    ResponderExcluir
  3. Obs.: não quis dizer que pouco me sinto representada aqui no seu blog - de um modo em geral, as matérias não são feitas para nós!

    ResponderExcluir