Já falei por aqui que mais da metade do lixo produzido nas casas vem da cozinha: os restos de alimentos. O chamado lixo orgânico, com restos de cascas e sobras de frutas e verduras, restos de comida e tudo que seja perecível não precisa ficar apodrecendo e dando cheiro ruim na sua cozinha! Tudo que você precisa é ter uma composteira doméstica.

Uma composteira nada mais é que um lugar apropriado pra que a decomposição desses resíduos aconteça. O segredo é que desse jeito, não fica cheiro ruim (sério!). No lixinho da nossa cozinha, o lixo se decompõe por meio de bactérias, sem oxigênio (de forma anaeróbica) por isso o cheiro fica ruim. Na composteira, a decomposição acontece do jeito adequado, com oxigênio, sem bactérias, com ajuda de minhocas ou do calor e o cheiro ruim não existe!

Reduzir o lixo da cozinha, ter um adubo maravilhoso e fácil, manter uma horta super bonita: dá pra ter tudo isso com uma composteira em casa. Existem vários tipos de composteiras, mas o mais recomendado e usado hoje é o com minhocas (sim, minhocas!).

Nessa série de posts, vou ensinar como fazer uma composteira se você mora em casa e tem um quintal à sua disposição, se você mora em apartamento e tem pouco espaço e dicas preciosas de como cuidar da sua composteira pra ela ser só sucesso.

Crédito da imagem: The Garden Love e  Real Farmacy

Como fazer uma composteira se você mora em casa


Quem morou no interior ou sempre morou em casa provavelmente vai lembrar de um lugarzinho onde o lixo orgânico sempre foi jogado. Na casa dos meus avós, era dentro da horta, num espaço só pra isso. Apesar de funcionar (as cascas vão se decompor, é da natureza delas), existem técnicas pra ser mais rápido, evitar cheiros ruins e não atrair animais.

  1. Faça um buraco na terra, de cerca de pelo menos 0,5m2. Se a família for grande, você pode fazer dois e enquanto um descansa, vocês enchem o outro. Ou fazer um grandão, de 1m2. Uns 30cm de profundidade é suficiente. Pra ajudar a segurar as paredes de terra, você pode colocar tábuas nas laterais ou uma caixa sem o fundo (tipo uma caixa d'água, um caixote, algo que segure as laterais mas tenha acesso ao chão). Também dá pra fazer cercando uma área em contato com a terra com cerca de arame, tábuas ou troncos.
  2. Coloque o material orgânico e não espalhe muito. Vá concentrando em um cantinho até tudo encher. Sempre cubra muito bem com folhas secas ou serragem (é esse o segredo pro cheiro ruim não aparecer).
  3. Regue de vez em quando se fizer muito calor e sol, porque a mistura pode esquentar e secar. É bom manter úmido pra decomposição acontecer mais rapidamente.
  4. A cada 15 dias dê uma revirada em todo material, pra ajudar a aerar e facilitar a decomposição.
  5. Aos poucos as sobras de alimento vão se transformar em uma terra bem escura, com cheiro de terra molhada. Esse adubo é maravilhoso pras plantas e pra sua hortinha!
  6. É legal ter dois espaços diferentes porque enquanto um vai passando por esse processo de descanso e revirar, o outro tá com a terra pronta pra ser usada, você pode desocupar ele e ter espaço pra colocar mais matéria orgânica. :)

Se você não tiver espaço pra cavar um buraco no quintal, ainda dá pra ter a composteira com minhocas, em um sistema prático de caixas plásticas. Quer saber como fazer e como cuidar dela? Na quarta-feira a gente fala sobre isso! ;)

6 comentários

  1. Gente, que interessante essa postagem! Gostei demais ... Bem legl o nome do blog, rs
    Tipo, é muito lixo acumulado em uma casa e a maioria é realmente na cozinha... Aqui em casa durante o dia é tanto lixo que as vezes fico estressada, rs ... Vou fazer uma composteira, acho que é assim que escreve.

    Daniele

    Dezesseis

    ResponderExcluir
  2. Muito legal :D. tenho um espaço grande no fundo de casa, com ctz farei.. mas tenho dúvidas em relação ao q posso colocar. Resto de alimentos pode?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim! Na sexta vai ter o post com tudo o que pode e o que não pode entre outros cuidados e dicas pra composteira dar certo, não dar cheiro, etc. :)

      Excluir
  3. Olá Cristal!

    Embora nem sempre comente sou assídua aqui no seu blogue.
    E tenho que lhe dar os parabéns por este maravilhoso cantinho que aqui tem!
    Excelente post este! Aqui em casa temos uma composteira no quintal!
    O que dá um jeito enorme para diminuirmos a nossa pegada ecológica e ainda temos o bónus de com ela obter uma terra maravilhosa para a nossa horta biológica!
    Beijinho grande e obrigada por toda a inspiração que me traz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catarina! <3 Eu lembrei de já ter visto comentários seus por aqui. Obrigada pelo comentário, fico feliz em ajudar e inspirar as pessoas a uma vida mais legal pra todos nós.

      Excluir
  4. Boa tarde, entrei hj no seu blog, e sempre procuro informações sobre como diminuir os lixos orgânicos, reaproveitando o máximo e ainda fazendo adubos, eu moro em casa, mas não tenho quintal de terra(ainda), mas fiz minha composteira usando apenas um balde com tampa e fui colocando os restos de cascas frutas, verduras, ovos, e etc, e coloquei por cima cascas secas de uma arvores em frente minha casa, varro, junto e guardo e assim as uso pra forrar a composteira, Já fiz por varias vezes e tenho uma dúvida, o balde que uso, fiz furos embaixo pra vazar o chorume produzido, posso colocar esse chorume nas plantas? Parabéns pelas informações, quem dera as pessoas fossem conscientes pra cuidar do próprio resíduo ajudando a si e ao planeta!

    ResponderExcluir