Este post foi gentilmente patrocinado pela Weasy

Se você tem cachorro em casa, é muito provável que tenha se perguntado como que eu faço com as necessidades da Filó aqui para tudo ser lixo zero. A gente não usa jornal nem tapete higiênico. Desde que eu descobri que existiam sanitários para cachorro, usamos essa opção. Se você nunca ouviu falar, é o equivalente à caixinha de areia dos gatos. :)

O jornal sempre foi uma solução fácil para a maior parte dos cães que ficam dentro de casa, mas na hora de descartar ele precisa ir pro aterro sanitário dentro de um saquinho plástico. :( O tapete higiênico foi uma invenção mais recente que nada mais é que uma fraldinha: tem algodão, plástico, etc ali que impedem a reciclagem e a decomposição vai pra casa de centenas de anos. Além de serem bem caros. Pior ainda.

O Weasy da Filó é amarelinho! :)

Existem muitos modelos de sanitários, mas hoje eu queria falar de um em especial que desde que descobri fiquei apaixonada. O Weasy é um sanitário feito no Brasil e criado pela Lara e pelo Fábio. Como eles são donos de cachorros, pensaram nesse produto resolvendo vários problemas que eles viam nos sanitários comuns e em outras formas de lidar com as necessidades dos bichinhos em casa. É por isso que o Weasy é maravilhoso.

Como o Weasy funciona: uma mangueira leva o xixi pro ralo e na versão com entrada pra água, uma mangueira leva a água da torneira pro Weasy pra hora da descarga.

Como o Weasy funciona?


O Weasy é muito legal porque com ele você pode dar uma descarga e mandar o xixi do seu cão direto pro ralo. Ele tem um caimento (olha a foto abaixo) que direciona todo líquido pro centro do sanitário e aí o xixi escoa direto pela mangueira e pro ralo onde você instalar ele. Todos os modelos tem essa mangueira que joga o xixi direto para o ralo na hora que o cão faz!!! Desse jeito o xixi não fica ali empoçado e você não sofre com cheiro ruim, além de ser muito mais tranquilo de limpar no futuro. Por causa do tapetinho de borracha o cachorro também não pisa no xixi, ficando com as patinhas limpas.

Sem mais fraldinhas descartáveis, usar um montão de água ou de produtos de limpeza pra limpar a área de serviço! :)



Só isso já seria incrível e suficiente, mas o Weasy tem mais opções!

No Weasy com entrada de água, você usa uma derivação na torneira e faz uma ligação que dá de fato a descarga que eu falei antes. A primeira vez que liguei a água fiquei muito chocada porque ela não sai de um ponto só. Esses vários furinhos ao redor do sanitário são de onde a água escorre pra limpar por igual a superfície toda!!! É incrível demais.

Se você precisar, tem essa pecinha para fazer a derivação da água na torneira e poder continuar usando ela no tanque normalmente.

Se você não quiser usar água potável pra isso, pode fazer como eu e reaproveitar a água com sabão que sai da máquina de lavar roupa, jogando com um regador no seu sanitário! Nesse caso você pode escolher o Weasy sem entrada para água e "dar a descarga" com um copinho ou regador.

Para quem tá sempre fora de casa e não consegue controlar essa saída de água da máquina, a opção da torneira é ótima para quando você chega em casa e vai limpar o banheiro do seu dog. Só não deixa muito tempo a torneira aberta, o planeta agradece.

O Weasy tem três tamanhos para todos os tamanhos de cachorros. A Filó é bem pequena, então o P é mais que suficiente. A Ramona, minha nova filhota que mora lá com Lucas deve ficar porte médio, então provavelmente vamos comprar um M assim que ela parar de crescer. Além da entrada de água e do dispenser, também existe a versão do Weasy para machos, com uma paredinha que escoa o xixi para dentro do Weasy – os meninos não ficaram de fora! :D A única coisa que você precisa ter é um ralo perto e espaço para colocar seu Weasy.

Como limpar o seu Weasy?


O dispenser de desinfetante é um acessório para ajudar na limpeza do sanitário com entrada de água. Você só precisa colocar dentro dele algo que tenha um poder de limpeza como vinagre ou o sabão líquido que ensinei aqui como fazer e bombear umas cinco vezes antes de ligar a água na torneira. Para os que não tem a mangueirinha ligada na torneira, é só adicionar à agua usada para a limpeza – o que fica dispensável se você reutilizar a água da máquina de lavar roupas.

Esse é o dispenser de desinfetante, tipo uma saboneteira, só prender na parede na melhor posição e ligar nele mesmo a entrada de água na conexão indicada.

Os cocôs você tira com uma pá e descarta no vaso sanitário! Se sujar o tapete de borracha do Weasy é só escovar com uma escovinha própria pra essa limpeza e jogar um pouco de água para enxaguar. Como tudo escoa direto no ralo, a limpeza é muito tranquila!

Outra vantagem é a economia. Apesar do Weasy não ser baratinho, a gente precisa olhar a longo prazo: comprando tapetinhos descartáveis você gasta cerca de R$550 por ano (levando em consideração o custo de R$1,50 por tapete como média do mercado e usando 1 tapete por dia – usei uma média de mercado). Já é mais que um Weasy! Com a vantagem de que ele vai durar a vida toda do seu cachorro, né?

Use o código CRISTAL10 e ganhe 10% de desconto na loja Weasy

É difícil de adaptar o cachorro pra um sanitário?


Não, mas precisa de um pouco de paciência. Se ele já faz em casa, num lugar específico e no jornal ou no tapetinho, vai ser muito mais fácil. Monte o Weasy no mesmo lugar e coloque o jornal ou o tapetinho em cima dele nos primeiros dias. Apresente o sanitário e toda vez que ele cheirar ou subir em cima, dê uma recompensa. Aos poucos vá liberando o próprio Weasy para seu cão sentir a textura da cobertura dele e ir se acostumando. Se precisar, na loja do Weasy vende grama sintética que você usa em cima dele até seu cão aprender como usa. ;)

Foca na Filó, que a lavanderia não é muito bonita aqui em casa. A modelo usa um modelo P abelhinha.

Aqui a adaptação durou poucos dias, porque a Filó já usava um sanitário. Ela acabou fazendo no chão algumas vezes até eu puxar um pouco o Weasy para o "meio do caminho" e ela não errar. Depois disso tem sido só sucesso! A mangueira do xixi ficou um pouco mais visível que na foto e assim eu vejo quando tem xixi nela.

O primeiro sanitário que comprei era a versão mais simples possível: uma caixinha de plástico com uma tela vazada por cima. Ao longo do tempo essa solução foi criando um problemão: o sanitário foi ficando impregnado dos resíduos do xixi no plástico, o cheiro não ia embora de jeito nenhum e eu já estava triste de talvez ter que comprar um e sempre jogar fora, até descobrir o Weasy. Esse sanitário é muito mais incrível porque já escoa todo xixi, então não fica tudo sujo, não emite cheiro ruim, é fácil de limpar, gasta muito menos água na limpeza do que a que eu usava antes.



Gostou? Então vai lá no site do Weasy e segue eles nas redes sociais pra ver todos os posts, todas as opções de tamanhos e cores do produto que tenho certeza que você e ser cachorro vão aprovar como aqui em casa. Vem tudo o que você precisa pra instalar, mais as instruções de como fazer isso e até de como treinar seu cachorrinho. Sucesso!

Para ler mais:

8 comentários

  1. Fantástica a ideia. Queria saber se não é possível utilizar plástico reciclado para produzir o Weasy. Seria ainda mais sustentável!!! Fica a dica!

    ResponderExcluir
  2. Oi Luana! O Weasy é feito com 50% de material reciclado e em breve mudaremos para 100%. ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cristal! Descobri seu blog há 1 mês e tenho acompanhando tudo que você posta! Tenho estudado muito, lido muita coisa, feito muitas pesquisas e me preparado para mudar muitas coisas (como estou no meio de uma longa viagem, nao tenho conseguido colocar muitas coisas em pratica ainda, mas pretendo em breve). Mas fiquei com uma dúvida: o vinagre é um imenso aliado nesse estilo de vida, imagino que você nao consiga dar conta de fazer todo esse vinagre que usa. Mas mesmo que consiga, quando acontece de você ter que comprar vinagre...como você faz? Porque aqueles frascos de plastico de apenas 500 ou 600 ML nao rendem muito. Tenho procurado de muitos litros, mas nao tenho achado. Você poderia me dar uma luz? Existe vinagre com embalagem que nao seja de plastico? Obrigada por tudo! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lorena! Eu faço vinagre em casa e consigo deixar de comprar bastante vinagre industrializado :)
      https://www.umanosemlixo.com/2017/04/receita-pra-fazer-em-casa-vinagre-de-maca.html
      A receita está nesse post! :)

      Excluir
  4. Olá Cristal, parabéns pelo post! Não conhecia essa opção e achei muito interessante. Meu cão tem acesso ao lado externo de casa e não faz as necessidades no lado interno, então não tenho esse problema. Eu passeio com ele todos os dias e ele está acostumado a fazer o côco durante o passeio. Ele quase sempre faz em terrenos com mato ou baldios e aí eu não recolho; o problema está quando ele faz em calçadas, ruas, etc, aí eu recolho com um saquinho de lixo que é de plástico. Eu precisava de uma solução para parar de usar esse saquinho, mas não consegui pensar em nada ainda. Se vc tiver alguma ideia, por favor compartilhe :)

    ResponderExcluir
  5. Olá Cristal, parabéns pelo post! Não conhecia essa opção e achei muito interessante. Meu cão tem acesso ao lado externo de casa e não faz as necessidades no lado interno, então não tenho esse problema. Eu passeio com ele todos os dias e ele está acostumado a fazer o côco durante o passeio. Ele quase sempre faz em terrenos com mato ou baldios e aí eu não recolho; o problema está quando ele faz em calçadas, ruas, etc, aí eu recolho com um saquinho de lixo que é de plástico. Eu precisava de uma solução para parar de usar esse saquinho, mas não consegui pensar em nada ainda. Se vc tiver alguma ideia, por favor compartilhe :)

    ResponderExcluir
  6. infelizmente essa não é a melhor opção para o cachorro né. Caso o cachorro urine, por exemplo, uma gota de sangue, ele iria se misturar com a urina e passar despercebido, por isso eu comprei 5 desses feitos com um plastico por baixo costurado com tecido por cima, e quando o tecido (algodão branco) está inultilizavel eu removo o tecido e costuro um novo.

    ResponderExcluir
  7. felizmente essa nunca teve que ser uma preocupação aqui em casa, porque desde o início ensinei o catioro aqui a fazer xixi e cocô no box que não utilizamos. aí o xixi a gente joga só uma água e esfrega algum produto de limpeza, e o cocô a gente joga no vaso sanitário (juntamos com um mini pedaço de papel higiênico, que nesse caso é algo a ser mudado) 😊

    ResponderExcluir